Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

Amor ao centro

 Ontem apresentamos a peça "Amor ao centro" pela segunda vez. Agora sinto-me mais a vontade para falar a coisa correu bem com algumas falhas como acontece sempre mas acho que o grupo de trabalho não deixou a coisa descarrilar , podemos sempre fazer melhor, é verdade, mas estão todos aptos a superar o inesperado.

  Gosto deste texto, porque aborda um tema muito actual, a precariedade das relações afectivas.

Acaba-se relações porque sim e porque não, o que interessa ás pessoas actualmente é ser-se feliz ao lado do parceiro e não a felicidade do mesmo. Todos querem a felicidade mas muitos procuram-na no seu umbigo. O Augusto a personagem que interpreto é um exemplo disso mesmo, está apenas preocupado em fazer aquilo que mais gosta que é escrever e quer ao seu lado uma mulher que o inspire, ponto. A felicidade da parceira é irrelevante deste que ele alcance o verbo, o tema da sua próxima peça. O amor é coisa do passado, de tempos que já vão

, hoje vivemos a era das relações abertas e dos créditos a dois até que os ordenados os separem.       

                   João Cortêz

 

publicado por projecto25 às 12:01
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2009 às 18:28
Bem-vindo à Blogosfera e ao nosso novo blog em particular. Agora é sempre a postar:)
Aquele abraço
César


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Projecto 25 no Forum Perm...

. Estreia hoje nova peça !!...

. ...

. Então e agora?

. Amor na Ericeira

. ...

. Até sabado cresce

. Amor ao centro

. Projecto 25 - O primeiro ...

. Passado,Presente e Futuro

.arquivos

. Outubro 2010

. Abril 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds